8 truques para evitar o estresse no trabalho

8 truques para evitar o estresse no trabalho

De acordo com especialista, níveis moderados até beneficiam o desempenho, mas excesso faz mal; saiba o que fazer para manter o controle

A habilidade de administrar as emoções e permanecer calmo mesmo sob pressão é diretamente ligada ao desempenho no trabalho. De acordo com a consultoria de recursos humanos TalentSmart, que realizou uma pesquisa com mais de 1 milhão de americanos, 90% dos executivos de alto escalão conseguem evitar o estresse.

Em artigo no site da revista Forbes, o especialista em controle emocional Travis Bradberry afirma que, em moderação, o estresse até melhora o desempenho no trabalho: pessoas relaxadas demais têm problemas para se interessar e prestar atenção nas tarefas. Por outro lado, profissionais muito estressados são mais ansiosos e têm uma chance maior de ter um “chilique” – isto é, perder o controle no meio de uma reunião ou em uma ligação com um cliente.

De acordo com Bradberry, a maioria das pessoas tem, naturalmente, níveis moderados de estresse. Por isso, é provável que, para melhorar o desempenho, o essencial para você seja controlar o nervosismo. No artigo, o especialista listou algumas dicas para quem quer manter o autocontrole e nunca ficar estressado demais:

1) Agradeça pelo que você tem – Parar para pensar nas conquistas pessoas e profissionais e agradecer pelo que tem não é só algo aceitável. Na verdade, é cientificamente provado que quem agradece é menos estressado. De acordo com uma pesquisa da Universidade da Califórnia em Davis (EUA), pessoas que cultivaram uma atitude de agradecimento reduziram os índices de cortisol – hormônio relacionado ao estresse – no sangue.

2) Não use a expressão “e se” – Quando tudo está bem, você é daqueles que se pergunta “e se”, antecipando que algo pode dar errado? Se sim, tente evitar esse hábito. Segundo Bradberry, essas duas palavrinhas, quando juntas, “colocam lenha na fornalha do estresse.” As coisas podem se desenrolar em infinitas possibilidades – para que ficar pensando no pior que pode acontecer?

3) Fuja da “hora do café” – No momento em que todo mundo se junta para aquele cafezinho da tarde, raramente o papo é otimista, certo? Conversas pessimistas atraem o estresse. Por isso, esqueça da “hora do café”. Socialize com as outras pessoas em outros momentos.

4) Seja otimista – Um “truque” complementar às duas últimas dicas. Não é que “pensar positivo atrai coisas boas”, como livros de autoajuda sugerem. A questão é que, quando você pensa positivo, seu cérebro é direcionado para assuntos que não trazem nenhum estresse à mente.

5) Desconecte-se – A tecnologia trouxe inúmeros benefícios às nossas vidas, mas causou alguns problemas: um deles é a possibilidade de estar conectado ao trabalho 24 horas ao dia, sete dias por semana. Se “toda hora é hora de trabalhar”, toda hora é hora de uma bomba explodir no seu colo.

Por isso, sempre que possível, desligue o celular e fique longe da sua caixa de e-mails. Se você continuar resistente à ideia, tente se desconectar em horários com a menor possibilidade possível de um contato. Conforme aumentar a confiança, estenda esses momentos offline.

6) Tome menos café – A bebida é um gatilho para a liberação de adrenalina, hormônio que nos deixa preparados para a ação. A adrenalina pode ser importante para fazer alguém correr ao se deparar com um urso, mas não é a maior aliada para quem precisa responder um e-mail delicado.

Uma ação rápida traz um momento passageiro de estresse. O problema é que a cafeína amplia bastante esse ínterim. Por isso, é melhor pegar leve na bebida.

7) Durma – Colocar a cabeça no travesseiro e descansar por horas é essencial para a nossa saúde e todos sabemos disso. Em muitos casos, é difícil ter uma noite satisfatória de sono, mas faça um esforço: será que não há nenhuma horinha perdida no Facebook durante a noite que poderia ser transformada em uma horinha de sono? Um tempo a mais na cama é muito mais importante para o seu corpo do que as redes sociais – afinal, você já ficou online o dia todo, não é mesmo?

8) Respire fundo – Esta é a maneira mais fácil de interromper um pensamento estressante. Apesar de respirarmos e nem nos darmos conta disso, quando inspiramos e expiramos devagar fazemos o cérebro dar prioridade a essa tarefa.

Quando você estiver estressado, vá para um lugar mais calmo, feche a porta e respire. Apenas isso. Bem devagar. Você vai ver como o nervosismo vai embora.

Fonte: Revista Pequenas Empresas e Grandes Negócios